"What if" no seu negócio – Repense para as próximas 10 horas e 10 anos

Explicando a chamada… SIM! Peguei emprestado o título da Marvel “What if…?” que deve estrear em meados de 2020/21. Em 2019, quando divulgaram o título, pensei em escrever sobre o tema, e vejo que isso já está acontecendo com várias empresas, independente do seu tamanho.

Desde que fui apresentado ao livro “Antifrágil: coisas que se beneficiam com o caos.“, comecei a ver todo o empreendedorismo, marketing e planejamento futuro de uma forma diferente.

Em resumo, para quem não conhece, Antifrágil é um conceito desenvolvido pelo famoso Nassim Nicholas Taleb – também criador do livro “Cisne Negro” – O nome vem da anologia, que Taleb fez com as embalagens com o rótulo “frágil”, que portanto deve ser manipulado com todo o cuidado. O Antifrágil, por dedução, é o contrário, pode e deve estar ali para “aguentar o jogo”, como usamos em gírias no futebol em um jogo mais disputado – leia-se jogando contra o Boca Junior na Bomboneira, com um juiz uruguaio.

Muitos confundem ser Resiliente com o Antifrágil, e é aceitável, pois ambos atravessam o caos (seja qual for) e conseguem se manter em pé novamente, a diferença é que o resiliente, assim com uma mola que não perdeu sua força elástica ou um bambu deitado ao chão durante uma tempestade, voltam a sua posição original antes do stress, ou seja, não evoluem e nem aprendem nada com a situação, simplesmente resistem.

O Antifrágil resiste aos choques e se torna ainda melhor.

Esse termo significa não apenas se proteger contra eventos adversos, mas ganhar/evoluir com eles, conseguindo ainda se preparar para aquilo que não se sabe que pode acontecer, que não tem como prever.

Existem várias maneiras de ter uma consciência Antifrágil, como: fazer uma reserva financeira adequada ao negócio; ter funcionários polivalentes; pensar muito além da empresa, no indivíduo, pois todo negócio de sucesso tem 3 pilares de sustentação: Pessoas x Produtos x Processo, mas não tenho qualificação para falar sobre eles, somente temas voltados a comunicação e marketing.

Nesse ambiente de planejamento, um bom exercício, é começar a fazer um brainstorming (Uma grande variedade de perspectivas para chegar ao melhor resultado) do que poderia dar errado hipoteticamente, como:

  • não posso receber clientes;
  • como funcionar a empresa remotamente;
  • problemas com matéria prima;
  • ninguém mais quer comprar produto X ou Y.

Opa, parece familiar com a atual situação? Pois é, podia estar somente no âmbito das ideias, mas agora ficou real, e quem nunca pensou nisso, está tendo que “trocar o pneu do carro andando”.

Wuhan, cidade de origem da pandemia de Covid-19

Aproveite o cenário atual e desprenda algumas horas com sua equipe para pensar além… Como essa situação pode ser contornada? Deixe as ideias surgirem, mesmo que pareça ruins, depois selecionem as mais criativas ou com maior possibilidade de êxito.

Comece também a listar possíveis situações que podem impactar em seu negócio ou no seu segmento, por mais estranhas ou inimagináveis que pareçam, tenha uma mente antifrágil e fique preparado para as próximas 10 horas e quiça os 10 anos seguintes.

Uma última dica, muito relevante – Saiba onde está e onde quer chegar. E se precisar de ajuda para pensar fora da caixa, conte com a nossa equipe. 😉

Retinoids work by unblocking skin pores, reducing the amount of sebum oil that is produced by the sebaceous glands in your skin, and reducing inflammation. cialis price Retinoids can cause severe birth defects, so cannot be taken by pregnant women, those planning pregnancy or women who are not using appropriate contraceptive measures.

Deixe um Comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar