Vender mais não significa lucrar mais

Existe um ditado popular que diz “Dinheiro não traz felicidade”, e eu como um grande sonhador, digo, empresário no Brasil, não discordo disso, mas que ele é importante ele é.. como é!

Em um País que tem uma democracia com pouco mais de 30 anos, essa importância se multiplica várias vezes. Nós sabemos o quanto é duro e difícil pagar folha de pagamento, custos fixos, variáveis, os IPIs, ICMS, PIS, COFINS e todos os outros FINS que levam ao pé da letra essa sigla.

Entrando no tema do título, a maioria confunde o marketing com publicidade, onde já abordamos em outro post, mas ele vai muito além da comunicação e planejamento estratégico, se intrometendo totalmente no resultado da venda.

Por isso é muito comum em algumas empresas de médio ou grande porte, o diretor de marketing ocupar também a vaga do diretor comercial, pois acredito que é muito difícil separar os dois cargos.

É como jogar futebol com apenas uma chuteira em um pé e o outro descalço. Dá pra jogar, mas não vai ter o mesmo resultado.

Quando olhamos para o âmbito comercial, como diz nosso amigo Bottini, precisamos “Vender! Vender! Vender!”.

Concordo, claro, mas já parou para pensar na qualidade dessa venda? Já parou para pensar qual produto te dá mais margem? Qual mais vende? Qual a sua capacidade produtiva? Consegue aumentar sua entrega?

Quanto sua empresa ou seu produto é diferenciando dos concorrentes?

Se você não sabe, precisa vender pra você mesmo, e fazer a pergunta: “Por que eu compraria de mim e não do meu vizinho?”

Se sabe qual o diferencial, ótimo! Parabéns! Seus clientes sabem disso? Pagariam a mais por isso?

Se a resposta for SIM, pode aumentar a sua tabela de preço, sem medo de errar!

Ah, e não estou falando de dobrar ou triplicar o valor (se o mercado absorver também, “Taca-le pau Marcos”) mas se o seu mercado, como a maioria é bem concorrido, aumente 10%, 15% ou mesmo 20%. 

Faça as contas, se você tem um produto de venda final a R$ 32,00, e aumentar 10%, ele vai para uma bagatela de R$ 35,20. Você deixaria de comprar?

Provavelmente não.

Nem eu.

Nem seu cliente!

Mas você acabou de aumentar seu lucro em 10%, sem aumentar o volume ou fluxo.

Ao invés de fazer algum tipo de promoção/desconto para atrair mais pessoas, inevitavelmente irá vender mais, porém comprando mais matéria-prima ou mesmo aumentando o volume de horas trabalhadas, horas extras, etc, e ter um aumento de volume de venda exaustivamente para atingir 5% a 6% a mais de lucro, pense em vender valor percebido, tendo uma venda mais saudável.

Ah, só pra deixar claro, acredito que todas as estratégias fundidas com ações funcionam e trarão resultados, sempre pense antes qual o foco e a diretriz a ser tomada, monta a estratégia, o plano de ação e a deadline, coloque as metas do mês, divida por semana e por dia e mão na massa!

Palavreando Luiz Paulo, nosso diretor de marketing, – “Sua empresa vai vender a furadeira ou o buraco na parede?”

charles-contorno-branco

Carlos Marcolino

Diretor Comercial
U2, Radiohead, café e vender, vender vender!

Fundador da inBOUL Design Visual que veio a se tornar a IB8 Comunicação, Charles (como é conhecido pela equipe IB8) é o responsável por fazer a máquina gerar.

Especialista em vendas e craque em gerar relacionamentos e resultados.

Instagram: @cmarcolino

Dê sua opinião ou faça sua pergunta:

Ligue: (16) 3902 3644, mande um e-mail ou chame aqui!


Ah! Pode chamar no “zap” também

Deixe um Comentário

× Vem de zap!